1º de Maio – Dia Internacional do Trabalhador

DIA DE LUTA E REFLEXÃO 

Quase 130 anos se passaram e os trabalhadores, apesar dos avanços e das conquistas, continuam enfrentando os mesmos problemas: jornadas extenuantes, baixos salários e doenças no do trabalho, além do assédio moral e sexual. As negociações coletivas de trabalho estão cada vez mais difíceis e os salários, cada vez mais achatados.

O nosso Congresso Nacional tem aprovado verdadeiras pautas bombas, com o Projeto de Lei do Senado (PLS 131/15), que retira da Petrobras a exclusividade das atividade na camada Pré-sal, e o PLS 555, que enfraquece as empresas públicas e representa a abertura de um novo ciclo de privatizações.

Neste 1º de maio não temos muito a celebrar. Temos é que lutar. Lutar pela democracia, para que a história não se repita. Lutar para que nossos direitos, duramente conquistados, não sejam retirados. 

Estamos vivendo um momento perigoso para a democracia, com possibilidade de golpe e de retrocesso aos direitros civis.

Silvino Volz – Presidente do Sildicato

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − um =