Patrões e trabalhadores metalúrgicos iniciam a negociação coletiva de 2016

A primeira rodada de negociação entre os sindicatos patronal e dos trabalhadores metalúrgicos de Jaraguá do Sul e Região para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho acontece às 10h30min de amanhã (3), no Centro Empresarial. Um pouco antes, às 9 horas, a comissão de negociação dos trabalhadores, formada por oito dirigentes e outros dois trabalhadores da base, se reúne na sede do Sindicato para traçar estratégias de ação e reforçar a pauta de reivindicações aprovada na Assembleia Geral no dia 21 de novembro. “Nossa expectativa é de convocarmos nova Assembleia ainda este ano para fecharmos a Convenção com aumento real de salário”, afirma o presidente do Sindicato, Silvino Volz.

A entrega da pauta ao sindicato patronal foi feita no dia 24 de novembro. “Havia um comitê de recepção no Cejas, para esfriar as negociações”, avalia Silvino. “O sindicato patronal age como se os trabalhadores fossem quebrar as empresas ao reivindicarem ganho real de salário de 3%. Sabemos que a classe patronal obteve lucros mais do que suficientes neste último ano e tem condições de conceder um aumento acima da inflação”, reforça o presidente do Sindicato, concluindo: “Não vamos permitir que usem a crise como desculpa para negar nossos direitos e descontar o suposto prejuízo em cima do trabalhador”. A pauta de reivindicações prioriza ainda Salário Normativo de R$ 1.650,00, auxílio creche, 40 horas semanais de trabalho, licença maternidade de 180 dias, vale cultura e a mudança da data-base para o mês de setembro, entre outras cláusulas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =