Veja a lista de doenças que mais afastam trabalhadores pelo INSS

Além das condições físicas, transtornos mentais também aparecem entre os principais motivos de afastamento e concessão de benefícios de incapacidade temporária em 2023.

O Ministério da Previdência Social (MPS) divulgou o ranking das doenças que mais afastaram os trabalhadores em 2023, com um crescimento de 27% em relação aos pedidos de auxílio por incapacidade temporária, o antigo auxílio-doença, feitos em 2022.

No ano passado foram 2.573.147 benefícios liberados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) contra 2.015.250 em 2022.

Segundo dados do INSS, quase metade de todos os benefícios concedidos pelo órgão foram destinados ao auxílio por incapacidade temporária, com problemas ósseos, principalmente os de coluna, ocupando o primeiro lugar nas causas de afastamento dos trabalhadores de suas funções.

Das dez principais doenças mais frequentes, seis delas estão relacionadas aos problemas ósseos e de coluna. Além das condições físicas, problemas relacionados às doenças mentais também aparecem na lista das dez doenças que mais causaram afastamento, com mais de 28 mil benefícios concedidos apenas para esse tipo de doença.

Das doenças que mais causaram afastamentos, algumas podem ser prevenidas com ações de ginástica laboral e incentivo aos cuidados físicos e mentais dos times, por isso os empregadores podem já iniciar 2024 com novas medidas para cuidar de suas equipes e evitar afastamentos.

Confira abaixo a lista das dez doenças mais recorrentes em 2023, segundo o MPS.

1 – Hérnia de Disco;

2 – Dor na lombar baixa (lombalgia);

3 – Mioma de útero (tumor benigno);

4 – Fratura da extremidade distal da rádio (fratura de punho);

5 – Outros transtornos de discos intervertebrais;

6 – Síndrome do manguito rotador (tendinite de ombro);

7 – Colelitíase (cálculo da vesícula);

8 – Hérnia inguinal (hérnia na virilha);

9 – Transtorno misto de ansiedade e depressão;

10 – Lesões no ombro.

Fonte: Matéria publicada no site Contábeis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =