Metalúrgicos querem 3% de aumento real

Os mais de 500 trabalhadores metalúrgicos presentes à Assembleia Geral realizada na manhã do dia 21 (sábado), na recreativa do Sindicato aprovaram a pauta de reivindicações visando a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016. A data-base da categoria é em 1º de janeiro, mas uma das propostas do Sindicato é alterar o período de data-base para 1º de setembro de cada ano. Os trabalhadores reivindicam ainda a reposição integral da inflação dos últimos 12 meses, hoje em 9,07%, além de 3% de ganho real aos salários e Salário Normativo (após 90 dias de trabalho na mesma empresa) de R$ 1.650,00.

 

Em termos de cláusulas sociais, a pauta aprovada pela categoria reivindica auxílio creche no valor de R$ 350,00 mensais, por filho, durante um período de 24 meses após o retorno da mãe ao trabalho, a obrigatoriedade na apresentação do PPP (Perfil Profissiográfico Previdenciário), no ato da homologação das rescisões de contrato de trabalho, a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e falta justificada de dois dias consecutivos, em caso de falecimento de tio – hoje já existe abono de falta pelo falecimento de sogro(a), irmã(o), cunhado(a) e concunhado(a). Além disso, o Sindicato pretende incluir na próxima Convenção Coletiva de Trabalho a licença maternidade de 180 dias e a concessão do vale cultura, para possibilitar aos trabalhadores irem ao teatro, cinema, museus, espetáculos, shows, circo ou mesmo comprar ou alugar CDs, DVDs, livros, revistas e jornais.

 

“A presença na Assembleia foi bastante significativa, demonstrando que a categoria acompanha a mobilização convocada pelo Sindicato e espera o aumento real de salário com pagamento já a partir de 1º de janeiro”, avalia o presidente do Sindicato, Silvino Volz, antecipando que “a mobilização vai continuar, até porque as empresas têm como atender às reivindicações devido aos altos lucros obtidos há muitos anos”. Após a Assembleia, o Sindicato sorteou uma série de prêmios, entre eles, uma moto Biz, com ignição eletrônica, cujo ganhador foi o trabalhador da Weg, Rodrigo Malaquias. A entrega da pauta de reivindicações está confirmada para as 16 horas desta terça-feira (24), no Centro Empresarial (Cejas).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × quatro =