Por falta de celular e acesso à internet, mais pobres ficam sem auxílio emergencial

Levantamento da FGV mostra que parte da classes D e E não conseguiu requequer o benefício porque todo o processo tinha de ser feito pela internet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =