Luta sem tréguas contra os ataques aos direitos

Os metalúrgicos de Jaraguá do Sul e Região confirmaram, durante a reunião de Planejamento do Ano, que não pretendem abrir mão de seus direitos e vão lutar para que as reformas propostas pelo governo Temer não sejam aprovadas e, caso isso aconteça, a luta será sem trégua. Nenhum direito a menos porque direito não se reduz, se amplia. A reunião de Planejamento do Ano de 2017 aconteceu no dia 9 de março, no Restaurante Pedra Branca e contou com a presença do supervisor técnico do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócioeconômicos), economista José Álvaro Cardozo, que fez uma análise de conjuntura econômica do Brasil nesses difíceis tempos em que estamos vivendo.

 

O economista do Dieese alertou sobre os prejuízos que a classe trabalhadora vai ter com as Reformas da Previdência e Trabalhista e quais as verdadeiras intenções do governo ao implantar essas medidas, que retiram direitos, acabam com a aposentadoria e vão fazer o Brasil retroceder no tempo, no que refere a avanços sociais, políticas públicas e relações de trabalho.

 

Na avaliação do presidente do Sindmet, Silvino Volz, o planejanento foi “muito positivo”. Além da decisão de não dar tréguas aos ataques aos direitos dos trabalhadores, também foi definido que a agenda sindical dos metalúrgicos de Jaraguá do Sul e Região será incorporada às atividades da CNM/CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos), da CUT Estadual e em todas as mobilizações e lutas a serem travadas pela Intersindical dos Trabalhadores de Jaraguá do Sul.

 

Ainda foi definida a realização de vários eventos sociais que devem ocorrer durante o ano, como o Festival de Prêmios, no dia 13 de maio (em homenagem ao Dia Internacional do Trabalhador); o Baile dos Metalúrgicos (aniversário do Sindmet); a Festa das Crianças; o Seminário para Cipeiros e o Encontro da Mulher Metalúrgica. Foram aprovados também diversos eventos de recreação e lazer realizados todos os anos na Recreativa do Sindicato.

 

Aumentar o número de trabalhadores sindicalizados também foi assunto de destaque durante a reunião de Planejamento, visando o fortalecimento na organização das lutas sindicais. O presidente da entidade, Silvino Volz, agradeceu a participação do Dieese e dos membros da diretoria pela qualidade do encontro. “Estamos fazendo o melhor possível para o conjunto da categoria metalúrgica”, finalizou o presidente do Sindmet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 1 =