Seminário promovido pelo Sindmet reúne dirigentes, cipeiros e técnicos em segurança

Evento aconteceu no dia 8 de novembro, com destaque ao Novembro Azul de prevenção ao câncer de próstata

Dirigentes sindicais de nossa região, integrantes de CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho e de Assédio) e técnicos em segurança no trabalho participaram do seminário sobre Saúde do Trabalhador, promovido pelo Sindmet, no dia 8 de novembro, no Restaurante Pedra Branca. Palestras com temas mais diversos e de interesse direto da classe trabalhadora marcaram o Seminário. “Consideramos de extrema relevância advertir aos trabalhadores sobre a necessidade da prevenção ao câncer de próstata, já que estamos em pleno Novembro Azul”, comenta o presidente do sindicato, Vilmar Sizino Garcia, “além de destacar a importância da segurança no trabalho”, complementa.

O dia teve ainda palestras sobre as Normas Regulamentadoras de Segurança no Trabalho, a cargo do presidente do Siticom, Urubatã Alves de Souza; do médico do Trabalho, especialista em Medicina Legal e Pericias médicas e pós-graduado em Ergonomia, Paulo Fernando Martin Gelinski, que abordou o tema LER-DORT (Lesões por Esforço Repetitivo-Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho). No período da tarde, os dirigentes do Sindicato dos Metalúrgicos ouviram uma palestra sobre “Planejamento Financeiro” e realizaram o Planejamento das Atividades da diretoria para 2024.

A primeira palestra esteve a cargo do médico patologista Antônio Carlos Scaramello, que falou sobre a prevenção ao câncer de próstata, a segunda causa de mortes entre homens, no mundo, e que pode ser diagnosticado precocemente através do exame de toque e do PSA. Scaramello luta para que acabe o preconceito masculino contra o exame clínico para detecção da doença e também falou sobre outras formas de câncer em homens, como de órgãos genitais, esses, bastantes comuns entre adolescentes e jovens.

Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção e do Mobiliário e técnico em Segurança do Trabalho, Urubatã Alves de Souza falou sobre a importância de seguir as Normas Regulamentadores de Medicina e Segurança no Trabalho. Urubatã destacou em sua palestra as NRs 5 (sobre a obrigatoriedade da constituição das Cipas pelas empresas), 12 (segurança em máquinas e equipamentos) e a NR10, sobre o ambiente de trabalho energizado. O técnicoem segurança falou ainda a respeito do descaso com as NRs ocorrido nos últimos quatro anos, no governo anterior: “Isso afetou bastante a segurança nos locais de trabalho, porque deixamos de fazer o trabalho da prevenção aos acidentes. Precisamos atuar todos os dias, junto com os cipeiros, para passar aos demais companheiros de trabalho as informações necessárias para proteger a vida”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + seis =